Notícias

Aprenda a ativar os sete chakras espirituais: guia passo-a-passo

Os chakras são parte vital de nossas vidas. São sete os principais chakras, um por cada parte do nosso corpo. Você sabe como abri-los ou ativá-los de maneira correta? Vamos te ensinar o passo-a-passo de como fazê-lo, para mantê-los em equilíbrio e em harmonia. É muito fácil!

Aprenda a ativar os sete chakras espirituais: guia passo-a-passo
Aprenda a ativar os sete chakras espirituais: guia passo-a-passo
De:  Raquel Bravo

Os chakras são centros de energia para religiões como o hinduísmo e o budismo. São sete os principais chakras e estão alinhados da base da coluna vertebral ao alto da cabeça. Também estão associados às glândulas endócrinas do nosso corpo.

Os três primeiros chakras são os de natureza física. O quarto é uma conexão entre matéria e espírito. A partir do quinto são os chakras do espírito. O primeiro é o Muladhara, conhecido como chakra base ou raiz, é responsável pela energização geral do organismo e por ele penetram as energias cósmicas mais sutis, que depois são distribuídas pelo corpo. Abrange as três primeiras vértebras, a bexiga e o cólon. Quando este chakra está aberto, nos sentimos mais seguros e sem medo.

El significado de cada chakra espiritual.

O segundo é o Svadhisthana: representa nossa criatividade e nosso centro sexual. Conhecido como chakra esplênico, sacro ou do baço, relaciona-se com o poder criador da energia sexual. Quando esse chakra está enfraquecido, indica distúrbios da sexualidade. Quando excessivamente energizado, indica excesso de hormônios e sexualidade exacerbada. Depois, está o Manipura, traduzido como ‘gema brillante’. Conhecido como chakra do plexo solar, localiza-se na região do umbigo e está relacionado às emoções. Quando muito energizado, indica pessoa voltada para emoções e prazeres imediatos. Quando fraco, sugere carência energética, baixo magnetismo, suscetibilidade emocional e possibilidade de doenças crônicas.

O quarto chakra está situado no centro do coração e se chama Anahata. Corresponde ao amor e à devoção, como formas sutis e elevadas de emoção. O quinto é o Vishuddha chakra, situado na garganta. Relaciona-se com a capacidade de percepção, o entendimento e a voz. Quando desenvolvido, de forma geral, indica força de caráter, grande capacidade mental e discernimento. 

Aprenda a abrir os sete chakras espirituais

O sexto chakra é o Ajna, conhecido como terceiro olho na tradição hinduísta, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau. Por último, está o Sahaswara chakra que é o mais importante e relaciona-se com o padrão energético global da pessoa. Conhecido como chakra da coroa, é representado na tradição indiana por uma flor de lótus de mil pétalas na cor violeta, invertida. Através dele, recebemos a luz divina. É o chakra da iluminação e da conexão espiritual com nossos seres superiores

Para abrir os chakras espirituais:

  1. Conhecê-los;
  2. Identificar qual chakra deseja abrir e o motivo;
  3. Ativar a energia desse chakra;
  4. Para ativar essa energia, podem ser usados as mudras, posições das mãos para abrir esses canais. Pode potencializar os efeitos cantando sons em sânscrito.
  5. Meditar durante 7-10 respirações, repetindo os sons em sânscrito três vezes.
  6. A abertura desses centros de energia não deve ser feita em estados de nervosismo e perturbação emocional. Requer uma meditação prévia e sentir-se em paz sem pensamentos de egoísmo, mal-estar ou violência. O Yoga é uma boa forma de relaxar a mente e o corpo para abrir os chakras.

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS