Maquiagem

Conheça os perigos da maquiagem vencida para a pele e veja cuidados

  "No caso da maquiagem, a ameaça é ainda pior, porque a quantidade de corante potencialmente alergênica é maior. Esses cosméticos muitas vezes entram em contato com os lábios, uma área conhecida como epitélio de transição, sendo muito mais fina e delicada e por isso mais sujeita a agressões, irritação e infecção por fungos", explica Rodrigo Kury, farmacêutico e diretor técnico da Ecenne.

Conheça os perigos da maquiagem vencida para a pele e veja cuidados
Conheça os perigos da maquiagem vencida para a pele e veja cuidados

Rímel e cosméticos que tem proximidade com mucosas ou olhos são geralmente os mais perigosos e os campeões das queixas nos dermatologistas. "A pele já tem um sistema de defesa e uma microbiota muito eficaz de proteção contra bactérias e ácidos, mas os olhos e as mucosas são mais desprotegidos". O uso de maquiagens vencidas na região dos olhos pode causar conjuntivite bacteriana.

Conheça os perigos da maquiagem vencida para a pele e veja cuidados

Outra ameaça é a do uso do lápis de olho vencido, segundo o especialista. "Ele pode causar uma hipersensibilidade local que pode irritar a região e fazer com que a glândula tente se livrar daquele depósito de pigmento; e além disso, o lápis pode provocar um processo inflamatório pela presença da sujidade que obstrui o ducto de saída da glândula, criando uma inflamação como o terçol", explicou.

"Posteriormente, as bactérias da nossa própria pele podem contaminar a área e fazer o terçol propriamente dito, com um nódulo que inicialmente é inflamatório, mas pode vir a ser infeccioso", completou.

Os perigos — "Quimicamente falando, os cosméticos vencidos podem, além de oxidar (começa a escurecer), separar a fase oleosa da aquosa, talhar, alguns ativos podem se depositar no fundo do recipiente e não se misturarem mais, formando uma placa sólida; o pH pode alterar drasticamente, queimando o local de aplicação; ou pode também haver contaminação bacteriana que, por sua vez, contamina o usuário. 

Nem sempre esse processo de contaminação é visível, pois quando é recente não altera cor nem odor do cosmético. "Mas, pode contaminar o usuário, mesmo com poucas colônias formadas. Deve-se lembrar que bactéria é microscópica!

Quando o produto mudou de cor, o odor está bem alterado, então, é contaminação na certa. Por isso, não confie naquele blush lindo e com cara de novinho, ainda depois de vários meses", explicou.

Conheça os perigos da maquiagem vencida para a pele e veja cuidados

Anote as médias das datas de validade e guarde no fundo da sua gaveta ou na tampa da sua caixa de maquiagens:

.

Vladimir Martins

Jornalista, aficcionado por cinema e antenado na vida das celebridades.Engajado nas causas sociais e louco por lasanha.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS