Maquiagem

A importância do Blush na maquiagem

Ele é um must na maquiagem e combinam perfeitamente com as peles que exaltam mais a saúde do que a perfeição. Confira!

A importância do Blush na maquiagem

Chamada por muitos maquiadores de “flushed cheeks”, a corrente da beleza que exalta as carinhas de quem passou bons momentos caminhando sob o sol tem um bom motivo para o retorno: com o aumento de mulheres a prepararem a pele com maior naturalidade, focando no skincare e nas bases e nos corretivos quase translúcidos, o blush da face chega para coroar essa estética natural.

Aliás, pintas e sardas também são bem-vindas na investida que quer deixar para trás a ideia de que para estar bonita é necessário ter passado horas se preparando e escondendo características únicas.

A gente dá algumas dicas para conquistar essa beleza despretensiosa, como se estivesse acabado de sair de um banho quentinho:

- O look “carinha de saúde” acontece através da aplicação do blush no centro das bochechas e na ponte do nariz. Algumas pessoas também colocam um pouco de cor no centro da testa e do queixo, mas com bastante parcimônia.

- O ideal para saber o tom exato do produto cosmético que devemos usar para criar essa estética é dar leves beliscadas nas bochechas, assim se descobre a cor natural de rubor de pele;

- O melhor para conquistar a beleza corada é usar produtos cremosos, que fixam mais. Para dar ainda mais fixação, passe brumas e primers em spray, tipo Fix Plus, da MAC Cosmetics, antes ou depois do blush. Isso também faz com que o rosadinho permaneça por mais tempo;

- Existe ainda outro truque para o blush cremoso durar por mais horas: sele a área de aplicação com um pó de mesmo tom, em leves batidas e com um pincel fofo.

- Para dar um acabamento bem natural ao look, espalhe o blush com a ajuda de um pincel tipo duo fiber. Esse tipo de acessório esfuma muito bem o cosmético;

- Tem pessoas que preferem usar produtos mais líquidos para fazer o rubor, os chamados tints. Eu os acho mais difíceis de espalhar, apesar de terem ótima duração.

Para evitar
Assim como existe o caminho para seguir quando o assunto é flushed cheeks, também há o manual do que não fazer na hora de passar o blush. Passamos quais são os maiores pecados envolvendo a pele corada feita com maquiagem:

- O primeiro ponto que é necessário evitar é passar produtos direcionados para o contorno, mais acinzentados, na hora do blush. Eles são maquiagens para dar forma e não rubor.

- A escolha do pincel também pode não ser muito boa quando o assunto é blush. Os muito grandes acabam depositando produto em uma área maior do que a desejada.

- A quantidade de produto também pode se transformar em um problema, tirando a harmonia do rosto. Muitas mulheres acabam aplicando blush demais, o que pode acabar se transformando no popular efeito “chinelada na cara”. O ideal é a aplicação suave e esfumada.

Fabiana Tavares

Jornalista especializado em shows e vida saudável. Fã de música e livros.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS