Cabelo

Hidratação ou nutrição: saiba as diferenças para o seu cabelo

Sabe realmente do que o seu cabelo precisa? Fomos falar com uma hairstylist Maria Lourenço para esclarecer esta dúvida.

Hidratação ou nutrição: saiba as diferenças para o seu cabelo
Hidratação ou nutrição: saiba as diferenças para o seu cabelo

Quem tem o cabelo grosso sabe bem a dificuldade que é mantê-los hidratados, nutridos, suaves e brilhantes. Por muito xampu que se use, muita máscara que se aplique ou óleos sem conta ao deixar e acordar, a missão parece impossível.

Um cabelo com falta de hidratação é mais poroso e com bastante frizz

É importante lembrar antes de mais nada: a hidratação repõe os níveis de água, enquanto que a nutrição repõe a falta de nutrientes. Existe ainda outra incógnita nesta equação, a reconstrução é responsável por repor a perda de densidade.

Para que o assunto fique bem esclarecido, conversamos com a hairstylist Maria Lourenço que nos explicou como percebemos o que o nosso cabelo realmente precisa.

"Um cabelo com falta de hidratação é mais poroso e com bastante frizz. É o caso dos cabelos expostos a fontes de calor, trabalhos técnicos e com excesso de frizz, estes necessitam de hidratação para devolver a humidade necessária para ficarem brilhantes, suaves e com cosmeticidade. Este processo sela o fio de cabelo" explica a profissional.

"Um cabelo com falta de nutrição fica mais seco, indisciplinado, sem vitalidade e a maior parte das vezes com pontas duplas. Neste caso, é necessário de repor os nutrientes (lípidos e proteína) que são os responsáveis pela oleosidade natural do cabelo", continua a hairstylist.

"Já a reconstrução é a solução para para cabelos porosos, reconstruindo a estrutura da fibras, ou seja preenchendo o fio de cabelo", remata Maria Lourenço.

É também importante lembrar que 85% dos fios são compostos por queratina que se vai perdendo com agentes externos, sendo restitui-la com a ajuda de hidratação e/ou nutrição.

Um cabelo com falta de nutrição fica mais seco, indisciplinado, sem vitalidade e a maior parte das vezes com pontas duplas

A cabeleireira Maria Lourenço, lembra ainda que existem casos em que são necessários vários tratamentos, pois existem duas ou mais necessidades capilares. Para isso, nada como o diagnóstico de um profissional que nos diga o que é melhor para o nosso cabelo.

Josiane Gonçalves

Jornalista, filósofa e entusiasta da alimentação saudável. Ama animais e viagens pelo mundo.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS