Cabelo

Alecrim para o cabelo: conheça as suas propriedades

Veja quais as propriedades do alecrim no cabelo e seus benefícios para a saúde dos fios.

Alecrim para o cabelo: conheça as suas propriedades
Alecrim para o cabelo: conheça as suas propriedades

alecrim é uma planta bastante comum na nossa culinária e também bastante procurada para tratamentos capilares. Mas será que o alecrim realmente ajuda no crescimento dos fios e na redução de queda do cabelo?

Alecrim para o cabelo: conheça as suas propriedades

Benefícios do alecrim no cabelo
O alecrim é uma planta medicinal e fonte natural de fibras, cálcio, ferro, magnésio, zinco, potássio, taninos, ácido rosmarínico, rosmaricina, folatos, tiamina, riboflavina, vitaminas A, C e B6.

Todos esses componentes levam à ação adstringente (controle da oleosidade), que promove uma irrigação capilar no couro cabeludo e uma ação nutritiva nos folículos capilares, que leva ao estímulo natural do crescimento dos fios.

Ele pode ajudar na limpeza do couro cabeludo, atuando na desobstrução dos folículos capilares, devido à ação vasodilatadora, estimulante e adstringente. Um couro cabeludo limpo potencializa a circulação sanguínea local.

Para quem é indicado?
O maior benefício do alecrim ocorre em cabelos oleosos, podendo melhorar a textura e o brilho natural dos cabelos, devido à sua ação adstringente.

Em cabelos secos os nutrientes do alecrim promovem um efeito revitalizador, diminuindo a opacidade e oferecendo mais brilho aos fios.

Afinal, alecrim ajuda no crescimento do cabelo?
Apesar das inúmeras propriedades nutricionais benéficas para a manutenção da saúde capilar. Apesar do extrato da planta ter ação adstringente, o uso isolado do alecrim tem pouca ação sobre os fios.

Não existem evidências científicas de que a planta medicinal, de maneira isolada, contribua de fato para o crescimento capilar.

Alecrim para o cabelo: conheça as suas propriedades

Ela ainda alerta para as contraindicações do alecrim, reações alérgicas e principalmente para casos de automedicação, onde existe até mesmo a possibilidade de piora do quadro capilar.

Fazer uso de babosa, alecrim, vitaminas industrializadas e óleo de rícino, visando o crescimento dos cabelos nos leva a uma constatação: o mais indicado é procurar ajuda de um tricologista para o tratamento adequado de queda e crescimento capilar.

Como usar alecrim no cabelo?
Para total aproveitamento das propriedades da planta, o indicado são tônicos e óleos de alecrim apropriados para o cabelo. Isso porque os produtos são formulados com outros nutrientes, trazendo benefícios para a saúde capilar.

O ideal é aliar o uso do alecrim com uma rotina de cuidados com cabelo, que inclui o uso frequente e adequado do xampu, condicionador e máscara de tratamento.

As recomendações de uso adequado do alecrim são: ao aplicar o óleo de alecrim diretamente no couro cabeludo (após lavar e enxaguar o cabelo), lave a região com água morna para remoção dos resíduos - o que vai prevenir uma reação alérgica ou irritação na região.

E para aqueles que pensam quem preparar uma versão caseira do tônico de alecrim, um alerta: o indicado é procurar orientação médica antes.

Normalmente deve-se adicionar outros ingredientes, de acordo com o tipo de cabelo. O tônico essencial de alecrim pode ser usado, mas com o devido cuidado, já que é um ingrediente com vários componentes.

Fabiana Tavares

Jornalista especializado em shows e vida saudável. Fã de música e livros.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS