Bisturi

Saiba o que é preenchimento com PMMA

O preenchimento com PMMA é um procedimento estético que tem conquistado muitos adeptos devido à possibilidade de corrigir imperfeições por meio de um método pouco invasivo. Saiba mais!

Saiba o que é preenchimento com PMMA

O preenchimento com PMMA é seguro seguro o bastante para ser internalizado no nosso organismo? Aqui serão esclarecidos todos os riscos e complicações associados a esse procedimento e se ele é ou não seguro para a saúde.

A bioplastia de glúteos é uma das alternativas de procedimento que tem como objetivo a correção de irregularidades, assimetrias e depressões dos glúteos.

O preenchimento com PMMA é uma técnica conhecida também como bioplastia. Trata-se de um procedimento estético em que microesferas de PMMA são inseridas abaixo da pele através de espécies de microagulhas semiflexíveis chamadas de microcânulas. A grande vantagem desse método é de modelar o corpo sem incisões e sem gerar cicatrizes.

O PMMA é a sigla para polimetilmetacrilato, um polímero com propriedades termoplásticas que começou a ser usado na década de 1990 no Brasil. Esse método de preenchimento foi criado no Brasil pelo Doutor Almir Moojen Nácul e tem sido aprimorado desde então.

A bioplastia é considerada um procedimento estético minimamente invasivo em que microesferas de PMMA são suspensas em um gel composto de carboximetilcelulose, outro polímero biocompatível com as estruturas do corpo humano e biodegradável que serve como meio de transporte do PMMA até o local do implante.

Esse composto é muito utilizado devido à sua estabilidade e ao fato de não reagir com outras substâncias presentes no corpo.

Preenchimentos com PMMA podem ser feitos em todas as regiões do rosto como o nariz, as maçãs do rosto e o queixo, nos lábios, nas mãos e nos glúteos. Regiões como peitoral, tríceps, bíceps não são adequadas para o preenchimento.

O procedimento
O procedimento é feito com anestesia local. Os microfuros são feitos no local desejado e são menores do que 0,5 milímetros através dos quais as microesferas de PMMA são inseridas. O preenchimento costuma levar cerca de 40 a 60 minutos no rosto e uma média de 1 hora e meia na região das nádegas.

Ao fim do preenchimento, o paciente pode ir para casa com algumas fitas cirúrgicas hipoalérgicas sobre o local em que foi feita a aplicação de PMMA. Essas fitas devem ficar sobre a pele por cerca de 2 dias e depois disso podem ser removidas.

Preenchimento com PMMA é Seguro?
Desde que seja realizado por um profissional competente, aparentemente o preenchimento com PMMA é seguro e até mesmo menos invasivo e traumático do que cirurgias plásticas, por exemplo. O fato de não causar hematomas nem cicatrizes no local da aplicação e a rápida recuperação tornam o método bastante convidativo. 

Complicações e riscos
Ainda que o método seja seguro, alguns implantes de PMMA têm sido associados a efeitos colaterais como equimose, inchaço, hematomas, eritema, prurido, cicatrizes hipertróficas, hipersensibilidade, reações alérgicas, necrose tecidual, cegueira, nódulos palpáveis e granuloma de corpo estranho.

Preenchimento com PMMA

Os principais riscos e efeitos adversos para a saúde incluem:

Fabiana Tavares

Jornalista especializado em shows e vida saudável. Fã de música e livros.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS