Bisturi

Resurfacing a laser: o que é e para que é indicado

Esse tratamento estético moderno e eficaz promove o rejuvenescimento facial, suavizando rugas, cicatrizes e manchas. Dessa forma, ele contribui para restaurar a autoestima do paciente que se sente incomodado com sua aparência.

Resurfacing a laser: o que é e para que é indicado
Resurfacing a laser: o que é e para que é indicado

O que é o resurfacing a laser?

Nesse tratamento estético, é utilizado um feixe de laser para remover a epiderme, a camada externa da pele. Além disso, a camada subjacente — a derme — é aquecida, o que estimula o crescimento de novas fibras de colágeno. A nova pele que se forma algumas semanas após o procedimento é mais firme e lisa.

Resurfacing a laser resultados

Para quem o procedimento é indicado?
O resurfacing a laser é uma técnica capaz de corrigir pequenas imperfeições na pele. Assim, ele é indicado para pessoas que se sentem insatisfeitas com as seguintes condições:

Como é feito o resurfacing a laser?

Antes da aplicação do laser, a pele é cuidadosamente limpa e o paciente recebe uma proteção para os olhos. Para remoção e aquecimento do tecido, são feitas algumas passadas do laser sobre a pele. A quantidade de passadas é determinada pelo tipo de laser utilizado e pelo efeito pretendido. 

Quais são os benefícios da técnica?

O objetivo do resurfacing a laser é promover o rejuvenescimento da pele. Dependendo do tipo de laser utilizado, CO2 ou Erbium, os benefícios são distintos. Conheça, primeiramente, os efeitos esperados do laser de CO2:

O que acontece após procedimento?

Cada pele reage de uma maneira ao tratamento, mas o mais comum é que o paciente perceba uma sensação de queimadura leve. Conforme a cicatrização avança, a coceira se torna mais acentuada.As regiões tratadas podem ficar inchadas, vermelhas e apresentar bolhas preenchidas por fluidos.

Após alguns dias, aparecem crostas que, após secarem, se desprendem da pele. Entre 2 e 3 semanas após o procedimento, surge uma pele nova, mas ainda rosada e mais sensível. O processo de recuperação pode levar até 2 meses, dependendo do tipo de laser utilizado.

Quais são os riscos e como evitá-los?

As complicações mais comuns do resurfacing a laser são a infecção e a hiperpigmentação das regiões tratadas. Porém, esses riscos são minimizados quando o procedimento é realizado por profissionais que são referências no mercado, sejam eles médicos dermatologistas ou cirurgiões plásticos.

Resurfacing a laser resultados

Pronto! Agora você já conhece as principais informações sobre o resurfacing a laser, um dos procedimentos mais modernos para o rejuvenescimento facial. Não se esqueça de que os melhores resultados são alcançados quando o tratamento é feito por um profissional experiente e qualificado.

Vladimir Martins

Jornalista, aficcionado por cinema e antenado na vida das celebridades.Engajado nas causas sociais e louco por lasanha.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS