Bisturi

Cirurgião Plástico alerta para cuidados antes de optar por lipoaspiração

Dr. André Maranhão explica que é de fundamental importância que os profissionais avaliem os pacientes sob o contexto físico e psicológico

Cirurgião Plástico alerta para cuidados antes de optar por lipoaspiração
Cirurgião Plástico alerta para cuidados antes de optar por lipoaspiração

Quem deseja fazer um procedimento cirúrgico precisa entender o funcionamento dele, mas também os riscos da cirurgia plástica. Toda operação oferece algum tipo de risco, uma vez que envolve técnicas mais invasivas.

Cirurgião Plástico alerta para cuidados antes de optar por lipoaspiração

Os riscos que envolvem a cirurgia plástica voltaram à tona no domingo, depois que a influencer Liliane Amorim morreu aos 26 anos depois de apresentar complicações em uma lipoaspiração.

Após a morte da jovem, a influencer Thayara OG, contou sua própria experiência com a cirurgia plástica. Ela lembrou que fez uma lipo lad em março do ano passado e teve de passar quase uma semana na UTI depois de também apresentar complicações.

Para entender tudo o que é preciso ser observado antes de se decidir por uma cirurgia plástica, Quem conversou com o cirurgião plástico André Maranhão, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Cirurgião Plástico alerta para cuidados antes de optar por lipoaspiração

De acordo com o médico, qualquer cirurgia plástica precisa de indicação correta para ser realizada. "É de fundamental importância que o profissional avalie o paciente sob o contexto físico e psicológico.

As queixas são de origem psicológica ou por pressão social, mas não físicas exatamente. Como dizemos frequentemente, 50% do resultado cirúrgico se baseia no procedimento em si e os outros 50% são devidos aos cuidados pós-operatórios e à disciplina do paciente.

Portanto, devemos selecionar bem o paciente para o procedimento. Exames pré-operatórios, preparação para a cirurgia (alimentação, repouso programado e apoio familiar) e peso ideal contribuem para uma boa cirurgia", explica.

O médico esclarece que, em geral, os pacientes devem estar com o peso controlado para diminuir a inflamação corporal (IMC < 30) e ajudar a ter uma cicatrização mais tranquila, uma vez que a gordura possui múltiplos mediadores químicos que podem prejudicar o resultado.

"No caso da lipo, há uma limitação legal de se realizar a retirada de 5% do peso corporal para lipoaspiração seca e 7% em lipoaspirações infiltrativas. Lembrando que qualquer subtipo de lipo se baseia na mesma técnica básica, que é a retirada de gorduras localizadas através de cânulas de aspiração", afirma.

Nina Marinho

Terapeuta Holística, Aromaterapeuta e Redatora do Muii Brasil e Xouu Brasil. Estudante e mãe no restante do tempo.+ info

Notícias relacionadas

MAIS NOTÍCIAS

MAIS NOTÍCIAS